Informações sobre planos
Curitiba (41) 3340-8787
Porto Alegre (51) 3333-6000
Rio de Janeiro 4000-1987

Aprenda a fazer sua máscara caseira

Ecco Salva mostra como criar sua própria máscara caseira e ajudar a enfrentar o Covid-19

O uso de máscaras caseiras no enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19) se tornou um fenômeno internacional. Sua utilização visa minimizar o aumento de casos e recentemente ganhou o aval do Ministério da Saúde, que passou a incentivar as pessoas as criarem. Reconhecendo o valor dessa iniciativa, a Ecco Salva decidiu orientar seus clientes e toda a população sobre como fazer sua própria máscara caseira e ajudar a combater esta pandemia.

As pesquisas apontam que a utilização da máscara caseira impede a disseminação de gotículas expelidas do nariz ou da boca do usuário no ambiente, garantindo uma barreira física que vem auxiliando na mudança de comportamento da população e levando à diminuição de casos.

Outro fator benefício da adoção das máscaras caseiras é o de reservar os modelos oficiais prioritariamente para os profissionais de saúde. Diante do cenário da pandemia pelo COVID-19, há escassez de EPIs em diversos países, em especial das máscaras cirúrgicas e N95/PFF2, que passam a ser mais fortemente priorizadas aos profissionais para garantir a manutenção dos serviços de saúde.

A população pode produzir as suas próprias máscaras caseiras em tecido de algodão, tricoline, TNT, ou outros tecidos (preferencialmente tricoline), que podem assegurar uma boa efetividade se forem bem desenhadas e higienizadas corretamente. O importante é que a máscara seja feita nas medidas corretas, cobrindo totalmente a boca e nariz, e que esteja bem ajustada ao rosto, sem deixar espaços nas laterais.

Aprenda a fazer sua máscara partir de uma camisa

  1. Corte a camiseta usando as marcações indicadas
  2. Faça um ponto de segurança na parte inferior (segurando os 2 tecidos)
  3. Insira um papel entre as camadas
  4. Amarre a alça superior ao redor do pescoço, passando por cima das orelhas
  5. Amarre a alça inferior na direção do topo da cabeça

Como criar sua máscara caseira com costura e elástico

  1. Separe o tecido que tenha disponível (ex.: tricoline)
  2. Faça um molde em papel (21cm X 34cm) no tamanho da máscara para cobrir a boca e nariz
  3. Faça a máscara usando duplo tecido.
  4. Prenda e costure na extremidade da máscara um elástico

As medidas de utilização e higienização das máscaras caseiras fazem a diferença para a eficiência da iniciativa. Desta forma, os seguintes cuidados devem ser utilizados:

  1. A máscara caseira é individual, não devendo ser compartilhada com outras pessoas, mesmo familiares;
  2. Coloque a máscara com cuidado para cobrir a boca e nariz e amarre com segurança para minimizar os espaços entre o rosto e a máscara;
  3. Enquanto estiver utilizando a máscara, não fique ajustando-a na rua;
  4. Ao chegar em casa, lave as mãos com água e sabão, secando-as bem, antes de retirar a máscara;
  5. Remova a máscara pegando pelo laço ou nó da parte traseira, devendo nunca tocar na parte da frente;
  6. Não se deve usar a máscara por mais de duas horas seguidas. Havendo necessidade de uso, troque por outra, colocando a máscara usada para lavar;
  7. Faça a imersão da máscara em recipiente com água potável e água sanitária (2,0 a 2,5%) por 30 minutos. A proporção de diluição a ser utilizada é de 1 parte de água sanitária para 50 partes de água (Ex.: 10 ml de água sanitária para 500ml de água potável);
  8. Após o tempo de imersão, realizar o enxágue em água corrente e lavar com água e sabão;
  9. Após lavar a máscara, a pessoa deve higienizar as mãos com água e sabão;
  10. A máscara deve estar seca para sua reutilização;
  11. Após secagem da máscara utilize o ferro quente e acondicione em saco plástico;
  12. Trocar a máscara sempre que apresentar sujidades ou umidade;
  13. Descartar a máscara sempre que apresentar sinais de deterioração ou funcionalidade comprometida;
  14. Ao sinal de desgaste, a máscara deve ser inutilizada e uma nova deve ser feita.

A adoção de máscaras caseiras teve início com um grupo de pesquisadores na República Tcheca e o sucesso da iniciativa fez surgir o movimento #Masks4All, que ganhou força em todo o mundo após sua adoção em diversos países, como os Estados Unidos.

Links relacionados:

Nota técnica do Ministério da Saúde

Masks4All