Informações sobre planos
Curitiba (41) 3340-8787
Porto Alegre (51) 3333-6000
Rio de Janeiro 4000-1987

Coronavírus: o que sabemos e o que pode ser feito até o momento

Saiba como proceder para proteger você e sua família neste momento

O coronavirus se tornou assunto em todo o mundo quando surgiram as primeiras pessoas infectadas na China, no final de 2019. Desde então, o surto cresceu já tendo casos confirmados em 25 países. Porém, até o momento ainda não houve confirmação de chegada do vírus ao Brasil.

Dessa forma, não há necessidade dos brasileiros se alarmarem. A possibilidade maior é a de contágio por contato com viajantes oriundos da China que possam ter o vírus em seu organismo. Em prevenção a este risco, portos e aeroportos de todo país estão com controle mais rigoroso da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) na chegada desses passageiros ao país, acompanhando todos os casos suspeitos e sendo tomadas todas as medidas necessárias para isolamento e controle.

Vale ressaltar que este novo coronavírus (nomeado 2019-nCoV) têm uma alta virulência, ou seja, se “espalha” rapidamente, mas tem uma baixa letalidade, especialmente se comparada a de outros vírus semelhantes, como os causadores das doenças Influenza e SARS.

Os cuidados

O diretor-médico da Ecco Salva em Curitiba, Juradilson De Santis, explica que devemos ter os mesmos cuidados de qualquer outra infecção por vírus dessa natureza. “São atitudes que estamos acostumados a recomendar, como lavar as mãos com frequência, evitar aglomerações, manter os ambientes ventilados e sempre cobrir nariz e boca com o cotovelo quando tossir ou espirrar”, esclarece De Santis.

Sintomas do coronavírus

Os sinais e sintomas clínicos do novo coronavírus são semelhantes a um resfriado, principalmente respiratórios, febre, tosse, dor no corpo, mal-estar e dificuldade para respirar. Podendo levar a quadros de infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias.