Informações sobre planos
Curitiba (41) 3340-8787
Porto Alegre (51) 3333-6000
Rio de Janeiro 4000-1987

Esportes na terceira idade: benefícios e quais praticar

De acordo com o estilo de vida do idoso e com o adotado em sua vida pregressa, os especialistas acreditam que é possível o ser humano viver até os 115 anos

As melhores condições de vida obtidas com o avanço da medicina têm aumentado a expectativa de vida do ser humano. Apesar de a longevidade ter um limite, nunca se viveu tanto e com tantas possibilidades de se viver bem.

Muitos estudos têm demonstrado que, mesmo com uma idade mais avançada, é possível aos idosos ganhar massa e força muscular em treinamentos com pesos. É natural que, com o avançar do tempo, ocorra uma perda de musculatura, mas é possível atenuar os seus efeitos com exercícios voltados para ganhar massa.

Estudos indicam que cerca de 85% das pessoas idosas apresentam uma ou mais doenças ou problemas de saúde, sendo os principais: artrite: 48%; hipertensão arterial: 46%; doenças cardíacas: 32%; comprometimento da audição: 32%, entre outros.

De acordo com o estilo de vida do idoso e com o adotado em sua vida pregressa, os especialistas acreditam que é possível o ser humano viver até os 115 anos.

Como envelhecer de forma saudável?

Os estudiosos ainda afirmam que a atividade física regular é um dos segredos para manter-se saudável na terceira idade. São os idosos quem mais se beneficiam, de todos os grupos etários, com a prática de exercícios físicos, claro que feitos com cuidado e com apoio especializado.

O exercício físico faz bem para o corpo e, também, para a cabeça. Ele resgata a autoestima, o prazer e a motivação. Por meio da prática de uma atividade física, o idoso tem a possibilidade de melhorar a sua coordenação motora e reflexos, relaxar, estar em contato com outras pessoas, de recuperar a confiança em si mesmo e fortalecer o seu corpo, protegendo-se de possíveis acidentes aos quais pode ficar mais vulnerável com a idade, como uma queda.

Confira, a seguir, algumas atividades físicas que fazem muito bem para a saúde dos idosos. Algumas sugestões são do site Vivo mais Saudável:

Dança

Praticar atividade física também é uma questão de saúde mental, um momento de socialização, de fazer novos amigos, de se sentir bem. Neste sentido a melhor atividade é a dança. Vale tudo: tango, dança de salão, flamenga, do ventre, moderna, clássica. É só achar a escola que ofereça estas atividades aos mais velhos.

Natação ou hidroginástica

As atividades aquáticas como a natação e a hidroginática trazem benefícios como o fortalecimento dos músculos e a melhoria do sistema respiratório. Nadar é um exercício aeróbico que protege as articulações e trabalha o fluxo sanguíneo. A vantagem destas atividades também se dá pelo pouco impacto que água provoca.

Caminhada e corrida

Caminhadas diárias de, no mínimo, 30 minutos combatem problemas cardiovasculares, melhora a respiração e fortalece os músculos.

Ioga ou pilates

Ioga e pilates ajudam na aquisição de flexibilidade e equilíbrio e melhora a postura.

Bicicleta

Andar de bicicleta é uma atividade prazerosa para os idosos e que, ainda, fortalece os músculos do quadril e das pernas.

Musculação ou ginástica

Para melhorar o condicionamento físico e a resistência muscular e dos ossos, a musculação é uma ótima atividade. Os exercícios devem ser voltados para a repetição, e não para o peso. Malhar fortalece os músculos, melhora a circulação sanguínea e a respiração.

Alongamento

Todas as atividades físicas devem ser precedidas de alongamento. Depois do exercício, ele também é fundamental, pois evita lesões. Alongar é também entrar em contato consigo mesmo através da percepção e da consciência do próprio corpo. Alongar, respirar e ir relaxando cada músculo, cada parte do corpo.

Fonte: Greenme
Foto de Marcus Aurelius no Pexels