Informações sobre planos
Curitiba (41) 3340-8787
Porto Alegre (51) 3333-6000
Rio de Janeiro 4000-1987

Música para sua saúde

Além de trazer bem-estar emocional, a Musicoterapia é terapia de apoio em tratamentos de diversas doenças

Como o nome já diz, a Musicoterapia é uma forma de tratar os pacientes através da música. Assim, é uma técnica que trabalha com a saúde ao utilizar formas diversas de aprendizado, expressões e arte, visando promover prevenção e promoção de saúde aos pacientes. Inclusive, desde 2017 é aceita pelo SUS em tratamentos de doenças como Alzheimer, Parkinson, autismo e hipertensão.

A música faz com que sintamos emoções positivas ou negativas. Ela evoca emoções que são ativadas em partes e áreas de nosso cérebro, por exemplo: córtex, amígdala, cerebelo, hipocampo, etc. Essas áreas são mais desenvolvidas e ativadas positivamente ao serem trabalhadas com a música. Dessa maneira, melhora o humor, a atenção, concentração, a memória e lembranças profundas.

Além de proporcionar sensação de bem-estar, a música quando usada como terapia, pode trazer benefícios para a saúde. A musicoterapia é uma boa opção para crianças se desenvolverem melhor, tendo uma maior capacidade de aprendizagem, mas também pode ser usada em empresas ou como opção de crescimento pessoal.

A musicoterapia é um tipo de tratamento que utiliza músicas com letra ou somente na forma instrumental, além de instrumentos como violão, flauta e outros de percussão, em que o objetivo não é aprender a cantar ou tocar um instrumento, mas saber reconhecer os sons de cada um e, por meio disso, ter a possibilidade de expressar suas emoções.

Principais benefícios

A musicoterapia estimula o bom humor, aumenta a disposição e, consequentemente, reduz a ansiedade, o stress e a depressão e além disso ainda:

  • Melhora a expressão corporal
  • Aumenta a capacidade respiratória
  • Estimula a coordenação motora
  • Controla a pressão arterial
  • Alivia as dores de cabeça
  • Melhora os distúrbios do comportamento
  • Auxilia em doenças mentais
  • Melhora a qualidade de vida
  • Ajuda a tolerar o tratamento contra o câncer
  • Ajuda a suportar dores crônicas

A musicoterapia tem sido cada vez mais praticada em escolas, hospitais, lar de idosos, e por pessoas com necessidades especiais. No entanto, esta técnica também pode ser feita durante a gravidez, para acalmar bebês e na terceira idade, mas deve ser orientada por um musicoterapeuta.

Efeitos no organismo

A música age diretamente na região do cérebro que é responsável pelas emoções, gerando motivação e afetividade, além de aumentar a produção de endorfina, que uma é substância naturalmente produzida pelo corpo, que gera sensação de prazer. Isso acontece porque o cérebro responde de forma natural quando ouve uma canção, e mais do que lembranças, a música quando usada como forma de tratamento pode garantir uma vida mais saudável.

Fonte: Tua Saúde