Informações sobre planos
Curitiba (41) 3340-8787
Porto Alegre (51) 3333-6000
Rio de Janeiro 4000-1987

Uruguaia, mas pode dizer que é carioca

Histórias com a Ecco Salva de março traz a história de uma mulher-guerreira

Você sabe o que é ver a história ser contada? Esta senhora sabe o que é isso… Para celebrar o Dia Internacional da Mulher, a coluna Histórias com a Ecco Salva do mês de março conta a trajetória de Amanda Machado Bravo. Aos 99 anos, D. Amanda é nossa cliente há poucos meses, mas tem muita história para contar…

Nascida no Uruguai, ainda criança veio indo morar logo depois da fronteira brasileira, na cidade de Bagé (RS). Aos 23 anos conheceu o gaúcho Antônio Garcez e dessa união após dois anos já tinham o casal de filhos Paulo e Nildé. A família morou por pouco tempo em Maceió (AL) e em 1952 foram para o Rio de Janeiro.

A vida dela sempre foi de muita superação, principalmente depois que seu marido faleceu em 1965 e teve que cuidar sozinha da família. Nildé Ferreira, a filha que se dedicada a cuidar dela, conta que a mãe é uma carioca de coração; morou em Laranjeiras, Flamengo e Botafogo, onde reside atualmente. D. Amanda foi costureira e dona de casa e, hoje, recebe uma pequena pensão ruralista do governo uruguaio, benefício herdado de seu pai.

Já faz um bom tempo que teve que cancelar o plano de saúde da mãe por questões financeiras. “Infelizmente, fomos obrigados a utilizar algumas vezes os serviços do Samu e do Corpo de Bombeiros para atender as demandas da minha mãe, especialmente sua bronquite alérgica”, confessa.

Porém, no segundo semestre do ano passado ela conheceu a Ecco Salva. Nildé ficou surpresa com tudo que é oferecido indo até sua casa. “É complicado levar uma senhora de 99 anos ao médico: sair de casa e se deslocar até o médico, muitas vezes tendo que esperar por um tempo, torna tudo mais difícil. Receber um médico em nossa casa, com toda a atenção e suporte necessário fez toda a diferença e nos ajuda a lidar com a rotina da doença dela”, sentencia ela, que já teve que chamar a Ecco Salva para sua mãe algumas vezes desde que se tornou associada.

Hoje, a alegria da D. Amanda é ter a companhia de sua filha Nildé, poder curtir a bisnetinha Maria Cecília, de dois meses, a neta Amanda, cantora de MPB e bossa Nova, e os três cachorrinhos em sua casa. Em agosto, ela terá uma grande surpresa: sua família no Uruguai já se organiza para vir comemorar seu aniversário de 100 anos.